O Fantástico mundo da Borgonha

Bourgogne, ou Borgonha, é um local único e mãe de grandes vinhos. A região é uma síntese do melhor da França: vinhos, queijos, alta gastronomia, tradição, história e arquitetura. Acima de tudo a Bourgogne é um local simples, verdadeiro e muito autêntico. Venha com o Divvino conhecer mais sobre esse must go na França!

Foto: www.visitfrenchwine.com

Foto: www.visitfrenchwine.com

A Borgonha e seu Terroir

A Borgonha é uma área histórica no centro-leste da França, localizada a Sudeste de Paris. Já sabemos que o solo é a base de tudo e é ele que dita primeiramente a qualidade dos vinhos. O terroir por sua vez é consequência de diversos fatores, tais como: clima, altitude, influência de rios/mares, tipos de solo, e etc.

Na Borgonha os solos de calcários e argila são encontrados em abundância. O calcário é excelente para o cultivo da Chardonnay, enquanto os que misturam argila e calcário são ótimos para o Pinot Noir. Já o solo granítico favorece o plantio da uva Gamay. Sabendo disso, os vinhedos da Borgonha são distribuídos adequadamente aos tipos de solo. O clima é continental, os invernos são bastante rigorosos e até nas primaveras podem ter geadas. Porém, por causa da localização favorável de seus vinhedos, que ficam em encostas com declives suaves e boa exposição ao sol, orientados nos sentidos sul, sudeste e leste, as uvas ficam protegidas dos ventos e geadas. Tudo isso torna possível o cultivo com sucesso da vinha.

A região é constituída de sub-regiões que compõem as 6 AOC, que são: Côte de Nuits e Côte de Beaune que formam a famosa Côte D’Or, Chablis, ao Norte, Côte Chalonnaise e Mâconnais e, na extremidade Sul, Beaujolais. Já a Cote D´Or – considerada o filet mignon da Borgonha - é divida em duas sub-regiões, a Côte de Nuits e Côte de Beaune. A primeira é dominada pelos tintos da Pinot Noir e a segunda é mais focada nos brancos da Chardonnay.

Divvino na Borgonha

No último mês de maio a equipe do Divvino esteve na Borgonha e fizemos um roteiro incrível. Ficamos baseados em Beaune, cidade linda e que recomendo muito. Beaune oferece excelentes hotéis e restaurantes. Fomos de carro saindo de Paris e foram aproximadamente 3 horas de viagem. A viagem é tranquila, aestrada é bem sinalizada e com bons pontos de parada. Chegamos em Beaune e fomos direto para o Hotel Le Cep, um verdadeiro tesouro na Bourgogne.

Hotel Le Cep

O Le Cep é um hotel de luxo 4 estrelas bem no centro de Beaune. Localizado apenas a alguns minutos do Hospices de Beaune e da Basílica Notre-Dame, é possível visitar os lugares mais bacanas da cidade andando, ou ainda alugar uma das bicicletas elétricas que eles disponibilizam para os hóspedes. Le Cep é uma instituição de gerência familiar há quase 30 anos, e esse clima familiar e aconchegante é notado em seus serviços, desde a recepção ao SPA. O prédio principal é datado de 1547! Sim, um tesouro histórico onde é possível se hospedar e curtir bons momentos. Os 65 quartos são todos personalizados e contam com diferentes tecidos elegantes, mobiliário antigo e decoração clássica.

Nosso quarto de princesa!

Nosso quarto de princesa!

Uma das charmosas salas de estar do Hotel Le Cep

Uma das charmosas salas de estar do Hotel Le Cep

Para aproveitar a alta gastronomia da Borgonha não é preciso ir longe, o restaurante estrelado Loiseau des Vignes fica localizado dentro do hotel. Eles oferecem 70 vinhos diferentes em taça! Com certeza será um jantar de harmonização perfeita.

O hotel conta com 2 pátios históricos datados do século XVI, um bar, uma adega de café da manhã e salas de estar, um charme só.

O café da manhã é servido 24h, assim como o serviço de bar. Isso é um diferencial e tanto, ainda mais na França. Já imaginou não ter que acordar correndo para não perder o café da manhã? O petit dejeuner é servido em dois locais, em uma cave linda no interior do hotel e no pátio ao ar livre.

Como fizeram dias lindos, escolhemos o pátio para fazer a primeira refeição do dia. O café era caprichado e tudo estava delicioso. A bebida quente é servida na mesa e fica ao seu critério, chá, café, cappuccino, etc. Em um dos dias não tinha disponível no buffet pães sem glúten, pedimos ao garçom se era possível providenciar e rapidamente os pães chegaram a mesa quentinhos.

Os valores dos quartos ficam entre 156 a 555 euros.

Para mais informações acesse: www.hotel-cep-beaune.com

Borgonha, um paraíso gastronômico

É muita comida boa para pouco estômago! A região conta com nada mais nada menos que 32 restaurantes estrelas Michelin. Pois é, um verdadeiro parque de diversões para os amantes da gastronomia. Nós visitamos alguns que adorei e recomendo muito, anotem as dicas:

LE BIST'ROCH

Um bar de vinhos em estilo moderninho e rock'n'roll. A playlist é maravilhosa, um sucesso atrás do outro. O bar/ adega é do grupo Domaine Prieuré Roch, e no dia fomos acompanhadas do querido Yannick Champ, Co-gerente do Domaine. Além dos vinhos é possível pedir pequenos pratos, tudo gostoso e bem elaborado. O lugar é animado e descontraído, perfeito para uma noite entre amigos. Preço justo!

 

Restaurant Le Bist'Roch - 22, rue du Général-de-Gaulle, 21700, Nuits-Saint-Georges. Tel: +33 3 80 62 00 00

LA CABOTTE

Para começar recebemos do chef esse Gazpacho refrescante, para acompanhar uma Champagne para limpar o paladar

Para começar recebemos do chef esse Gazpacho refrescante, para acompanhar uma Champagne para limpar o paladar

Esse restaurant tem o melhor custo benefício que já vi. A cozinha oferece alta gastronomia em ambiente agradável e informal. O menu tem os clássicos da Borgonha como boeuf bourguignon e escargot, não saia da região sem comer pelo menos um dos dois! Levamos um Prieure Roch 2006 para acompanhar, com notas de especiarias doces, figos e rosas secas.

Eu já tinha tentado pelo menos 3 vezes ir ao La Cabotte sem reserva {na correria sempre esquecia de reservar}, mas dessa vez conseguimos! Foi um jantar maravilhoso, antes de sair agradeci pessoalmente o chef, e ainda tomamos juntos o restinho do vinho. Recomendo demais a visita, comida maravilhosa e preço até abaixo do que considero justo para o nível do restaurante.

LA CABOTTE- 24 Grande Rue, 21700, Nuits-Saint-Georges. Tel: +33 3 80 61 20 77

MAISON DU COLOMBIER

Esse resto ficava na esquina do nosso hotel. Localizado em um prédio fofo quemais parece um castelinho, o gastro-bar, como eles se definem, tem ambiente descontraído. É possível sentar-se nas mesas darua ou no interior, o menu é enxuto mas certeiro!

O gostoso lá é pedir várias entradinhas para dividir, tem várias opções vegetarianas também e levinhas. A carta de vinhos é extensa e feita com paixão. Recomendo a visita!

La Maison du Colombier - 1, rue Charles Cloutier, 21200, Beaune. Tel: +33 3 80 26 16 26

A aventura continua…

 Vou contar ainda sobre a nossa rota de vinhos na Borgonha, os produtores que tivemos o prazer de visitar e a nossa visita exclusiva à Romanée-Conti.  Continuem acompanhando!

Fotos: Patrícia Marques e divulgação

Comment